Imagem logo do Plano de Bacias Hidrográficas do Leste

O que é?

O plano de bacia hidrográfica é uma ferramenta fundamental de planejamento e gestão de recursos hídricos que tem como objetivo garantir a disponibilidade, proteção, conservação, recuperação e o aproveitamento sustentável de agua em uma determinada região, possibilitando a melhoria na qualidade de vida e o desenvolvimento sustentável.

Saiba mais ...

Arquivos

PDF Relatório da Fase B: Diagnóstico

Apresentação realizada na 3ª reunião de andamento das atividades

PDF Relatório Cadastro Entidades

Cadastro de Instituições Publicas e Entidades da Sociedade Civil – Relatório de sistematização dos resultados

PDF Relatório da Oficina da Região III

Oficina realizada em 09/10/2013 – Itajuípe

Todos os arquivos

Notícias

Terceira Oficina do Plano de Recursos Hídricos das Bacias Hidrográficas do Leste aconteceu em Ibicaraí

11/10/2013

Texto: Arnold Coelho

Aconteceu na manhã de quarta-feira, (10), nas dependências das Faculdades Montenegro, a terceira e última Oficina de Diagnóstico relativo ao Plano de Recursos Hídricos das Bacias Hidrográficas do Leste, com o tema: Água, preservar hoje, para ter sempre. As duas oficinas anteriores foram realizadas em Arataca e Itajuípe e a partir desses dados nascerá o projeto com o real diagnóstico que será apresentado por técnicos e especialistas em Itabuna, no dia 11 de dezembro, em local ainda não definido.

A oficina foi promovida pela Gama – Engenharia de Recursos Hídricos Ltda. Através do Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) que é gerido pela Secretaria do Meio Ambiente do Estado da Bahia e contou com a coordenação geral de Eduardo Lanna; da coordenadora de mobilização Rosana Garjulli; do gerente de contrato, Isaac Queiroz e da coordenadora local Cláudia Freitag. A oficina teve início às 8h30 com a Coordenadora de Mobilização e palestrante Rosana Garjulli, que falou sobre o objetivo da oficina, com a elaboração do Plano de Recursos Hídricos e da proposta de enquadramento dos Corpos d’água das Bacias Hidrográficas do Leste. Rosana também enfatizou a importância do gerenciamento dos recursos hídricos; da participação da sociedade no processo de elaboração do Plano e da discussão de soluções junto à população das bacias hidrográficas.

O secretário de Agricultura Municipal, Carlos Durval Fraga de Coni e Moura falou da importância de Plano de Recursos Hídricos das Bacias Hidrográficas do Leste e de Ibicaraí ter sido uma das três cidades contempladas com essa oficina. O secretário lembrou também que já existe um projeto em andamento em Ibicaraí referente ao Pagamento por Serviços Ambientais (PSA).

Às 10 horas houve uma pausa para um coffee break e logo em seguida os participantes se dividiram em três grupos que foram colocados em salas separadas, onde receberam temas diferentes e discutiram por mais de uma hora as soluções para os problemas apontados.

Na parte final da manhã aconteceu uma plenária onde três representantes de cada grupo apresentaram para os demais participantes as propostas e soluções para os problemas pautados e que serão levados para técnicos e especialistas que irão montar o projeto final para elaboração do Plano de Recursos Hídricos das Bacias do Leste.

No final, Rosana Garjulli passou a palavra para o engenheiro Dermivan Barbosa dos Santos, presidente do Comitê das Bacias Hidrográficas do Leste (CBHL). Dermivan agradeceu a presença de todos, lembrando que ali tinha representante de várias cidades e lembrou que o processo é demorado, mas que a participação popular no processo de elaboração de um plano dessa magnitude é um avanço.

A oficina ainda contou com a presença do vereador de Ibicaraí Jeová; do chefe local da Ceplac Dr. Jailton Pereira Dias; do diretor do SAAE de Ibicaraí, José Dias; do técnico responsável pela ETA (Estação de Tratamento de Água do SAAE), William Nogueira de Jesus; do diretor de Meio Ambiente de Ibicaraí, Álvaro Caldas; do articulador estadual de políticas da Agricultura Familiar, Soares Neto, além de representantes das cidades de Caatiba, Itapetinga, Itororó, Firmino Alves, Santa Cruz da Vitória, Floresta Azul, Itajú do Colônia e Itapé.

O que é Planos de Bacias Hidrográficas?
O Plano de Bacia Hidrográfica é um instrumento previsto nas Políticas Nacional, Lei Nº 9.433/97 e na Estadual, Lei Nº 11.612/09. Os Planos de Bacias Hidrográficas são planos diretores, de natureza estratégica e operacional, que têm por finalidade fundamentar e orientar a implementação da Política Estadual de Recursos Hídricos, compatibilizando os aspectos quantitativos e qualitativos do uso das águas, de modo a assegurar as metas e os usos neles previstos, na área da bacia ou região hidrográfica considerada.

O Plano de Bacia visa gerar elementos e meios que permitam aos comitês, ao INEMA e aos demais componentes do Sistema Estadual de Gerenciamento de Recursos Hídricos gerirem efetiva e sustentavelmente os recursos hídricos superficiais e subterrâneos, de modo a garantir os usos múltiplos de forma racional e sustentável.

Municípios das Bacias Hidrográficas do Leste
Ibicaraí, Floresta Azul, Almadina, Coaraci, Santa Cruz da Vitória, Itaju do Colônia, Firmino Alves, Itororó, Itapetinga, Itambé, Caatiba, Itapé, Barro Preto, Itabuna, Itajuípe, Uruçuca, Ilhéus, Una, Canavieiras, Arataca, Santa Luzia, São José da Vitoria, Jussari e Buerarema.

Principais rios da região
Tijuípe, Almada, Cachoeira (Salgado e Colônia)­, Santana, Cururupe, Acuípe, Maurin, Aliança, Doce e Grande.

Nota pesar Célia da Paz

02/10/2013

Prezados amigos e amigas do CBHLeste

Por meio dessa mensagem, queremos mostrar nosso profundo sentimento pela inestimada perda de Maria Célia dos Santos da Paz, então Presidente do Comitê das Bacias Hidrográficas do Leste. É com grande pesar que lamentamos e nos mostramos solidários aos familiares e amigos de nossa parceira e amiga, comprometida e engajada com as questões ambientais da região do Litoral Sul baiano, além das atividades relacionadas à gestão dos recursos hídricos e ao fortalecimento do Comitê.

Com certeza o CBHLeste perdeu muito mais do que um membro, temos Célia como uma guerreira que contribuiu com o Comitê a lutar pelos seus direitos e foi uma pessoa de grande importância para a condução do Plano de Bacia Hidrográfica e o Enquadramento dos Corpos de Água. Hoje, mais do que nunca, estamos empenhados em continuar essa “batalha” buscando alcançar os objetivos tão almejados por ela. Nossa equipe sempre lembrará de Célia por sua alegria, simpatia, descontração, engajamento e simplicidade. Oramos por ela e por seus próximos e torcemos para que a grande dor pela perda logo se abrande e transforme-se numa suave lembrança de sua alegria e de seu sorriso farto! Desejamos toda a sorte para o CBHLeste e que os ensinamentos dessa grande mulher estejam sempre conosco.

Cordialmente,

Diretora de Águas do INEMA
Maria Amélia de Coni e Moura Mattos Lins

Coordenação de Recursos Hídricos da Diretoria de Águas do INEMA

  • Antonio Pereira Menezes
  • Bruna Marques Tanure
  • Daniella Ribeiro Blinder
  • Gabriel Parmezani Moraes
  • Izabel Simoni Ramos Conceição
  • José George dos Santos Silva
  • Juliana Coelho Ressurreição
  • Lindiane Oliveira Santos
  • Luciana Souza de Brito
  • Marco Aurélio Avelino Filho
  • Maria Auxiliadora Borges Ribeiro
  • Maria do Carmo Nunes Pereira
  • Monica Portela Lima
  • Rafaela Gomes Alves
  • Rossana Cavalcanti Araujo Silva
Veja mais notícias

Fotos

  • Primeira Oficina do Plano de Recursos Hídricos das Bacias Hidrográficas do Leste - Arataca 1ª Oficina em Arataca
  • Segunda Oficina do Plano de Recursos Hídricos das Bacias Hidrográficas do Leste - Itajuípe 2ª Oficina em Itajuípe
  • Fotos: Arnold Coelho 3ª Oficina em Ibicaraí
  • Rio Aliança no assentamento Terravista Rio Aliança
  • Rio Boca Seca (Montante - Eutrofização) Rio Boca Seca
  • Rio Branco na BR 101 Rio Branco
Veja mais fotos


Imagem: Simbolo do Facebook




Participe de nossas pesquisas